background img

The New Stuff

Aos 72 anos, morre Orival Pessini, criador do Fofão

Artista fez participações em programas como Escolinha do professor Raimundo e A praça é nossa
O humorista Orival Pessini faleceu na madrugada desta sexta-feira (14), em São Paulo. Aos 72 anos, ele lutava contra um câncer no baço e estava internado há duas semanas no Hospital São Luiz. O artista era conhecido por ser o criador do Fofão, personagem icônico da TV brasileira na década de 1990.


Natural de Marília, interior de São Paulo, Orival começou a carreira no teatro e atuando em comerciais. Na televisão, estreou em 1963 com o programa Quem conta um conto, da TV Tupi. Participou de O planeta dos homens, da Globo, como os macacos Sócrates e Charles.

Em 1988, viveu Patropi em Praça Brasil (Rede Bandeirantes) e posteriormente atuou na Escolinha do professor Raimundo e A praça é nossa. Foi em Balão mágico, no entanto, que surgiram os personagens Fofão e Fofinho. Após o fim do programa, ganhou uma atração própria na Bandeirantes, a TV Fofão, em que misturava humor e desenhos animados. 

O personagem virou marca e teve diversos produtos licenciados, dez álbuns gravados e um filme para o cinema. Orival gerenciava a empresa Fofão Produtos Ltda., por meio da qual administrava os itens patenteados. O ator comemorou, em 2013, os 30 anos de criação do personagem. Para tanto, fez apresentações pelo Brasil.

Orival, como Fofão, foi convidado para desfilar no carnaval de São Paulo em 2014 pela Rosas de Ouro. O ator também participou, sem a famosa máscara, da série Amores roubados (Globo), como o padre José. No ano seguinte, lançou o DVD #Fofãoforever, com novos clipes e regravações de antigos sucessos.

Fonte: Diário de Penambuco

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts